Clavinet hohner D6

A empresa alemã Hohner era conhecida principalmente por seus instrumentos de palheta (gaitas, acordeões, melodicas etc.), mas havia fabricado vários teclados clássicos antes da primeira encarnação do Clavinet, conhecida como Cembalet.  O clavinet é hoje um dos teclados antigos mais procurados, seu som inconfundível está presente em inúmeras gravações do final da década de 1960 em diante. Menos conhecido, no entanto, é seu inventor, Ernst Zacharias. 

As pernas de aço tubulares se encaixam em compartimento especial juntamente com o cabo do amplificador. O suporte de partituras se encaixa na tampa da caixa.

O volume no Clavinet D-6 é controlado pelo giro de um botão no sentido horário. A dinâmica da reprodução depende do toque do próprio músico nas teclas, assim como em um piano. No entanto, a força básica do volume deve estar presente no instrumento e no amplificador conectado.

 

A reprodução do som é produzida por meio de um amplificador. O controle de volume funciona mais suavemente quando o amplificador não está muito próximo do aparelho e, é claro, o controle de volume no amplificador ligado deve ser aumentado o suficiente para que se possa ouvir todas as nuances do instrumento.

Antes de operar o Clavinet D6, é necessário inserir uma bateria de 9V no compartimento  apropriado, e conectá-la. Na parte de trás do instrumento, existe um local apropriado para adaptação de fonte de energia para aparelhos com transistor, denominado 6-V adapter only. Assim, quando o adaptador é inserido, a bateria do instrumento é cortada.

LANÇAMENTO
1971
TECLAS
60
UNIDADES VENDIDAS
38.000
VOLTS
9

SONO

RIDADE

Os interruptores de registro  variam o tom, assim, os reguladores de agudos e graves nos amplificadores devem ser ajustados adequadamente para obter o efeito de tom balanceado necessário.

 

As guias de registro no painel esquerdo estão marcadas com AB, CD e são conectado à captação de som para variedade de configurações. Conforme necessário, eles alternam os captadores individualmente ou em paralelo, pelo que a polaridade de um dos captadores é reservada para cancelar conotações ou adicioná-las. Assim, os registros AB e CD produziram cores de tom em todas as posições, enquanto os outros quatro registradores produzem a cor do tom marcado quando a guia é pressionada na parte traseira, nenhum som é emitido.

Nota: Uma das quatro guias deve estar pressionada; caso contrário, o instrumento permanecerá silencioso. O comando de deslize no painel direito, se empurrado para longe do músico, amortece as cordas e produz um som seco e sem brilho, que pode ser estendido a todos as cores de tom à esquerda, mas é aconselhável usar o slide nas posições finais.

Vintage Vibe

Segundo o próprio site, a Vintage Vibe iniciou suas atividades como uma locadora de aluguel e reparos de pianos Rhodes nos EUA. Vinte anos depois, afigura-se líder mundial em reparos e restauração de teclados eletromecânicos, e o único fabricante de linha completa de peças de reposição para pianos Rhodes e Wurlitzer, bem como para Hohner Clavinets. Com o tempo passou a fabricar os próprios projetos de pianos eletromecânicos.

 

Em 2009, lançou o Vintage Vibe Piano ™ e o Vibanet ™ - versões modernas dos teclados Rhodes e Clavinet com desempenhos aprimorados, pesos reduzidos e aparências novas. Atualmente, diversos artistas do mundo todo foram atraídos para utilização dos instrumentos Vintage Vibe para gravações e apresentações.

NATUREZA

SONORA

O Clavinet D 6 pertence ao grupo de instrumentos eletrônicos que incorporam vibradores mecânicos (cordas) que são entoados por teclas de piano e um mecanismo adequado.

 

As vibrações mecânicas não são transmitidas ao ar, mas são convertidas em frequências elétricas através de captadores magnéticos, que são amplificados e reproduzidos pelo alto-falante. As teclas formam alavancas de braços únicos. Quando a tecla está pressionada, um êmbolo embaixo toca a corda e a pressiona na bigorna. As cordas tocam a bigorna com mais ou menos força, de acordo com o peso da pressão das teclas, afetando a dinâmica da corda que soa. Imediatamente depois que a tecla deixa de ser pressionada, o contato entre o êmbolo e a bigorna é quebrado, deixando abafada a parte enrolada em lã da corda (esquerda da bigorna), de modo que a vibração da cadeia é imediatamente silenciada. corda.

As cordas afetam a mudança no fluxo magnético na captação que, por sua vez, induzem as frequências de tom. As alterações de equalização são reguladas pelos comutadores de registro e dependem de qual pick-up (dos captadores) está ativado. A voltagem é direcionada pela rede de registradores para um amplificador e reproduzida no alto-falante.

 

A construção simples do instrumento facilita muito o ajuste, pois as partes mais importantes são de fácil acesso, de modo que ao se remover as peças laterais, as cordas podem ser substituídas.

 

O Clavinet hohner D6 ocasionalmente precisar ser afinado porque está equipado com cordas, mas a tarefa não é complicada, considerando que o instrumento contém apenas uma corda por nota, cobrindo apenas 5 oitavas. Uma chave de afinação é fornecida com todos os instrumentos.

Nota especial: o pino de sintonia fica aproximadamente uma oitava à esquerda da tecla do piano (consulte a etiqueta ao lado dos pinos de sintonia).

 

As cordas são relativamente frouxas, portanto, evite apertos desnecessários. Somente gire o pino de afinação ao mesmo tempo em que se entoa e se escuta o som.

 

Se for necessário substituir uma corda danificada, desaparafuse as partes laterais do teclado e, se necessário, remova o teclado do suporte da corda para facilitar o acesso. Enrosque a nova corda na parte remota do enrolamento de lã, e se certificando de que está em boas condições.

HAMMER TIPS

Vintage Vibe iniciou suas atividades como uma locadora de aluguel e reparos de pianos Rhodes nos EUA. Vinte anos depois, afigura-se líder mundial em reparos e restauração de teclados eletromecânicos, e o único fabricante de linha completa de peças de reposição para pianos Rhodes e Wurlitzer, bem como para Hohner Clavinets. Com o tempo passou a fabricar os próprios projetos de pianos eletromecânicos.

Em 2009, lançou o Vintage Vibe Piano ™ e o Vibanet ™ - versões modernas dos teclados Rhodes e Clavinet com desempenhos aprimorados, pesos reduzidos e aparências novas. Atualmente, diversos artistas do mundo todo foram atraídos para utilização dos instrumentos Vintage Vibe para gravações e apresentações.

STRINGS

PARAFUSOS

CHAVE DE AFINAÇÃO

ABAFADOR

TRANSISTOR

PRÉ-AMPLIFICADOR

PONTEIRAS

KIT CLAVIGEL

BUCHAS DE TECLAS

VINTAGE

VIBE

PLAY

LIST

O som inconfundível do clavinet conquistou muitos músicos ao longo dos anos, não só na cena Funk, que provavelmente é o seu habitat natural, mas também e muito no rock progressivo, além de outros gêneros que podem ser conferidos na playlist abaixo.

Músicos que até hoje utilizam o instrumento são muitos, mas certamente vem à cabeça o

inconfundível Stevie Wonder, que não dispensa ainda hoje nos palcos o instrumento, e tenho visto nitidamente a marca "Vintage Vibe", indicando o prestígio que a empresa conquistou.

Bandas como Steely Dan e Parliament também não dispensava o som do clavinet, alé de muitos outros, como ELO ou Herbie

Hanckok, desde Bob Marley até Jeff Beck.  Enfim, foi  muito difícil reduzir a lista das músicas para compor esta lista, e assim como em qualquer escolha subjetiva, certamente alguns reclamarão a falta de alguma música, porém, creio que resumi as principais.  Claro que se lembrar de outras ao longo do tempo, acrescentarei aqui.

  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Pinterest

©2014 Renato Moog™ | www.facebook.com/renatomoog | studioraindrops@gmail.com | Produção musical | Sintetizador | Órgão | Piano | Sampler | Sequencer | Midis |Produção de Vídeo | Música para Filmes e Televisão | Música para Marcas e Negócios | Música para Video Games e Desenhos Animados | Blog | Partituras | Raindrops studio™ 2013 |  ID analytcs  |